Um pouquinho de cultura - A capoeira

janeiro 17, 2015


Todos nós ou a maior parte queremos ficar bem com nosso corpo, então recorremos a musculação, pilates, zumba, corridas e tudo mais. Eu confesso que eu odeio malhar, e olha que minha mãe tem uma academia todinha montada e eu posso malhar de graça, mas não gosto haha. Agora que comecei mas para fortalecer meu joelho. Então mas antes da musculação, eu sempre fiz exercícios. Sempre joguei futebol(machuquei o joelho ai), vôlei, balé, hip-hop, ginástica olímpica e tudo quanto é coisa, mas o que sempre ganhou meu coração e ganha ate hoje desde os dois anos de idade foi a Capoeira e é sobre ela que vim falar, pois ela também é uma ótima alternativa de quem quer fazer exercícios mas não gosta das coisas que falei ai em cima.
Como falei já, eu faço capoeira desde os 2 anos de idade, mas como assim Lavínia? Pois é comecei novinha pois minha mãe (Mestra Tida) e meu pai (Mestre Luís Cláudio) também começaram adolescentes e tudo mais, então eu cresci neste meio. Hoje em dia eles já são mestres de capoeira e viajam pelo mundo com ela, legal né? Mas pra quem não sabe o que é a capoeira eu explico:

"Bom na época do Brasil colônia os negros eram trazidos para cá e como todos sabem sofriam agressões, repressões, castigos e etc. Devido a isso eles perceberam que tinham que desenvolver alguma forma de proteção mas os senhores de engenho proibiam a prática de lutas. Então eles utilizaram o ritmo e as danças africanas para disfarça uma luta e é dai que surge a capoeira, uma arte marcial disfarçada em dança. Sua prática ocorria em terreiros próximos às senzalas (dormitório dos escravos). Através dela os escravos podiam aliviar o estresse do trabalho, se divertirem, manter a forma física e principalmente preservar sua cultura, que era proibida (isso acho que todos aprendemos na escola).
Durante muitos anos a capoeira foi proibida no Brasil pois era vista como uma prática violenta e que era realizada apenas por marginais e etc. Mas ate que enfim hoje em dia não é mais proibida. Hoje a capoeira está presente em quase todos os cantos do mundo, meu pai mesmo conheceu a Europa quase toda dando aula de capoeira e agora minha mãe também está. Essa imagem da capoeira acabou, ou quase (pois ainda tem algumas pessoas que acredita que é assim). Mas em 26 de novembro de 2014 a UNESCO declarou a roda de capoeira como sendo um patrimônio imaterial da humanidade, um máximo né?"

E o melhor de tudo meninas, capoeira emagrece e muito. Ela está presente nas escolas, universidades e academia pelo mundo a fora. Eu sou prova disso. A capoeira também é um esporte, e um esporte nacional brasileiro. Ela emagrece, dá energia, bem-estar, alongamento... Resumindo só faz bem para saúde, sem contar que praticando a capoeira a gente também acaba entendendo mais a história do nosso país e da nossa cultura. Eu amo fazer capoeira, amo jogar, amo o ritmo tudo, o mais legal dela é isso é uma mistura de tudo. Uma mistura de ritmo, dança, esporte, música, arte, luta e cultura.

Eu espero que vocês tenham gostado do post de hoje, eu contei um pouco sobre uma das coisas que eu mais gosto de fazer e tentei resumir um pouquinho o que era para vocês entenderem. Se tiverem gostado do post me falem nos comentários que eu pretendo trazer muito mais coisas de cultura, arte, esporte e tudo mais aqui para o blog. Ah e se vocês acham que não conseguem fazer e tudo mais, tirem essa ideia da cabeça por que minha mãe da aula pra pessoas de 5 ate 80 anos, isso mesmo 80. Então larga dessa ideia de não consigo.
E vocês praticam algum esporte? Fazem capoeira ou já viram alguma roda, vídeos ou eventos? Contem para mim.

ps. Peço desculpa pelas pequenas fotos e pela qualidade, pois se eu tivesse colocado o tanto que eu queria o post ia ficar maior ainda e a qualidade é baixa porque a maioria foi tirada em eventos onde a luz não era boa e etc. 

Beijos <3

Você pode gostar também

20 Comentários

Vou ficar bastante feliz com seu comentário! Beijo